Grupo RL

Notícias na General Osório

Listando: 6 à 10 de 1286
SÃO PAULO REDUZ EM 32% O NÚMERO DE MORTES EM ACIDENTES DE TRÂNSITO

Segundo dados do Infosiga, estado contabiliza 2.372 vidas salvas desde 2010

Dados apresentados pelo Infosiga, o sistema de informações de acidentes de trânsito do estado de São Paulo, o estado de São Paulo registrou uma queda de 32% dos óbitos em acidentes de trânsito nos últimos 10 anos. O resultado é de 2.372 vidas salvas desde 2010.

Desse número, 55% referem-se às ocorrências nos municípios e 45% nas rodovias. Já a queda nas fatalidades a nível nacional foi de 22%.

O índice de redução paulista é próximo da meta de 50% estabelecida pela Organização das Nações Unidas, na chamada Década da ONU. A entidade realiza entre os dias 6 e 12 de maio a 6ª Semana Mundial sobre Segurança no Trânsito. Foi em maio que a ONU decretou a Década de Ação para salvar vidas no trânsito. Com isso, o balanço das ações sempre é realizado em maio no mundo todo e tem como objetivo diminuir os riscos de acidentes por meio de ações baseadas em evidências científicas.

Levando em conta os dados do Infosiga SP, os acidentes com vítimas de trânsito nos 645 municípios do estado de São Paulo, apontaram que 94% dos acidentes inclui falha humana.

É importante ressaltar, que no primeiro trimestre de 2021, 85% dos acidentes fatais na capital paulista envolveram motocicletas, e a maior parte das vítimas são homens, de 18 a 24 anos, apontam os dados do Infosiga.

Para reduzir os acidentes de trânsito, é necessário diversas iniciativas, como: redução de velocidade ou adequação de velocidade para as vias,a fiscalização de trânsito e a conscientização. “Uma postura cidadã e preventiva é fundamental para um trânsito mais humano e seguro. A mudança de comportamento é um elemento chave”, afirma o diretor-presidente do Detran.SP, Ernesto Mascellani Neto.

(Fonte: Por Thiago Dantas Equipe MOTO.com.br) - 12/05/2021
MOTOCICLETAS ELÉTRICAS: 3 NOVOS MODELOS DA HONDA EM 2024

A montadora japonesa apresentou plano de eletrificação da sua linha de veículos e motocicletas

A Honda estabeleceu como meta eletrificar toda a sua gama de automóveis até 2040, isso quer dizer, parar de fabricar veículos movidos por um motor de combustão. O CEO da Honda Motor, Toshihiro Mibe, apresentou para imprensa os planos de eletrificação e emissão zero que a Honda estabeleceu até 2050, um projeto que afeta a divisão de motocicletas por completo.

O plano ambicioso da montadora japonesa é ser uma multinacional com impacto ambiental zero até 2050. Para que esse objetivo seja alcançado, a Honda quer promover o uso de baterias intercambiáveis, apostar no hidrogênio como combustível limpo e buscar métodos mais eficazes para reaproveitar e reciclar baterias que já tenham seu ciclo de vida esgotado.

O objetivo, em nível global, é aumentar o número de veículos elétricos em 40% até 2030, número que passará para 80% em 2035 e por fim 100% em 2040, substituindo totalmente sua frota de automóveis a combustão por veículos elétricos.

Já no setor das motocicletas, a Honda não cita abandonar por completo os motores a gasolina, mas antecipou a chegada de três modelos 100% elétricos em 2024, distribuídos mundialmente.

A grande aposta da Honda é composta por dois modelos tipo scooter, um com desempenho similar a um ciclomotor de 50 cc e o outro abaixo de 125 cc. Além das duas scooters, a Honda também apresentará em 2024 uma motocicleta elétrica com desempenho semelhantede uma 125 cc. Por fim, a Honda divulgou a introdução de mais um modelo elétrico na área FUN, que se refere a modelos 100% elétricos com maior desempenho e capacidade, sem data definida para o lançamento.

Um dos pilares para a produção de suas primeiras motocicletas elétricas é o recente acordo assinado entre Yamaha, KTM e Piaggio para padronização de baterias intercambiáveis entre os modelos elétricos. Você pode ler a
matéria completa do acordo entre as montadoras, acessando aqui.

Toshihiro Mibe, aproveitou a apresentação para falar sobre o sistema ADAS desenvolvido pela Honda. O gigante japonês vê a possibilidade de atingir "zero mortes em colisões de tráfego envolvendo motocicletas e carros Honda em todo o mundo" até 2050, aproveitando esta tecnologia de direção automatizada.

(Fonte: Por Thiago Dantas Equipe MOTO.com.br) - 03/05/2021
HUSQVARNA REVELA O CONCEITO E-PILEN PARA O SEGMENTO DAS ELÉTRICAS

O conceito deve servir de base para a primeira motocicleta elétrica da Husqvarna

A empresa sueca Husqvarna, de olho no segmento das motocicletas elétricas, é a mais recente fabricante a apresentar um conceito totalmente elétrico.

Conheça a E-Pilen, uma motocicleta elétrica com um motor de 8 kW (cerca de 11 cv) e autonomia de 100 quilômetros. Sua principal proposta é auxiliar na mobilidade em grandes centros urbanos.

A E-Pilen tem um visual inspirado nos modelos Svartpilen e Vitpilen, com destaque para o “tanque” de linhas retas e anguladas, o clássico farol redondo e uma rabeta curta.

A Husqvarna não informou que tipo de baterias a E-Pilen usará. Mas vale destacar, que a Husqvarna pertence ao grupo Pierer Mobility, também dono da KTM, a fabricante austríaca anunciou recentemente o compromisso de padronização de baterias com a Honda, Piaggio e Yamaha.

Ainda não foi informado a data de lançamento da nova Husqvarna E-Pilen. Mas aqui no Brasil, a Husqvarna trabalha apenas com modelos off road para competições, sendo representada pela Power Husky.

(Fonte: Por Thiago Dantas Equipe MOTO.com.br) - 03/05/2021
PROMOÇÃO: MOTOS CLÁSSICAS TRIUMPH COM TAXA ZERO E PRESTAÇÕES DE R$399

Nova promoção é válida para 6 modelos de motos clássicas com taxa zero, prestações a partir de R$ 399 e pagamento da primeira parcela em até 90 dias

A Triumph lança promoção “Be Classic”, exclusiva para quem deseja possuir uma motocicleta clássica.

A marca britânica separou 6 modelos para essa promoção com motorização de 900 cc e 1200 cc, sendo eles: Street Twin, T100 Black, Street Scrambler, T120 Black, Speed Twin e Bobber Black.
Todos os 6 modelos estão disponíveis pelo financiamento do Triumph Smart com taxa zero de juros, prestações a partir de R$ 399,00 para os modelos com motor de 900 cc e R$ 599 para as clássicas com o propulsor de 1200 cc e a primeira parcela ainda pode ser paga em até 90 dias.

É importante citar, que essa promoção só é válida para as últimas unidades dessas motocicletas ano/modelo 2020/2020.

PROGRAMA TRIUMPH SMART
Acesse o site do programa Triumph Smart (disponível em www.triumphsmart.com.br) e monte você mesmo o plano mais adequado que cabe no seu bolso, aumentando ou reduzindo a entrada, as prestações e a parcela residual final.

O programa permite que o cliente monte o plano do seu jeito, pois é composto com uma entrada variável, taxas de juros especiais e até 23 parcelas mensais que cabem no bolso. Por fim, o valor residual, que é variável conforme o valor da entrada e o valor da parcela, pode ser quitado em uma única parcela ou o cliente pode utilizar o benefício da Recompra Garantida, na qual, a Rede de Concessionários Triumph garante a recompra daquela moto usada.

Outro benefício do Triumph Smart é a possibilidade de acrescentar roupas e acessórios para a motocicleta no financiamento.

As motocicletas clássicas da Triumph 20/20 em promoção, podem ser adquiridas pelo Triumph Smart conforme sugestão abaixo:

MOTOR DE 900 CC
As motocicletas com motor de 900 cc oferecem desempenho empolgante com alto torque, economia de combustível e um som incrível. Apesar de usar o mesmo motor, cada moto recebe ajustes para priorizar o estilo de pilotagem de cada moto.

Na Bonneville T100 é priorizado o torque em baixas rotações (80Nm a 3.230 rpm) e 55 cv de potência (5.900 rpm). Já na Street Scrambler um modelo preparado para rodar em estrada de asfalto e terra, têm prioridade para torque em baixas e médias rotações, ele desenvolve 80 Nm de torque (a 3.200 rpm) e 65 cv de potência (a 7.500 rpm).

Na Street Twin 900, o motor passou por melhorias e teve um aumento de potência, agora ele conta com 65 cv com o pico de torque de 80 Nm a 3.800 rpm, que juntamente com o escapamento duplo e elevado proporciona um ronco de uma típica British Twin, um grande estimulante para percorrer estradas com uma pilotagem deliciosa.

MOTOR DE 1200 CC
O motor 1200 cc é forte e também recebe calibragens exclusivas para cada moto. Com uma pilotagem mais esportiva a Speed Twin entrega potência de pico de 97 cv (a 6.750 rpm) e um forte pico de torque de 112 Nm (a 4.950 rpm).

A Boober Black, possui um ronco exclusivo graças ao motor 1200 cc e o intervalo de acionamento de 270°, com uma dose maior de torque e potência em baixas rotações. A Boober Black possui o torque líder da categoria para uma pilotagem hot rod empolgante, são 106 Nm de torque (a 4.000 rpm) e 77 cv de potência (a 6.100 rpm).

Por fim, a Bonneville T120 Black se destaca com o visual dark. Com torque máximo de 105 Nm a 3.100 rpm, o motor de 1200 cc foi cuidadosamente construído para incorporar traços de estilo fundamentais da linhagem das lendárias motos Bonneville da década de 60, mas com componentes atuais e modernos.

ESTILO CLÁSSICO COM TECNOLOGIA
O estilo clássico britânico das motos é encantador, mas o retrô fica apenas no visual. As motos da Triumph possuem um conjunto de equipamentos de última geração, focados no piloto, que oferecem segurança, conforto e requinte. Os modelos são equipados com: controle de tração, sistema de freios ABS, iluminação em LED, modos de pilotagem para diferentes situações que podem ser programados pelo usuário e embreagem com auxílio de torque proporcionando um toque mais leve e uma pilotagem mais fácil e mais confortável durante longas distâncias. Além disso, a Triumph trabalha com customização e oferece em suas concessionárias diversas opções de acessórios para o cliente deixar a motocicleta com a sua personalidade.

Se interessou em ter uma legítima clássica britânica em sua garagem? Acesse o canal do site
www.ofertastriumph.com.br e confira as ofertas!

(Fonte: Por Thiago Dantas Equipe MOTO.com.br) - 20/04/2021
PRODUÇÃO ULTRAPASSA 125 MIL MOTOCICLETAS EM MARÇO

O ritmo de fabricação cresceu 116,4% em março. Também cresceu o volume de exportações de produtos off-road e alto valor agregado.

As fabricantes de motocicletas apresentam sinais de recuperação e registram 125.556 unidades produzidas em março. O Brasil é 7º maior produtor mundial de motocicletas.

As produções apresentaram um volume menor nos meses de janeiro e fevereiro, devido ao agravamento da crise sanitária na cidade de Manaus. Mas, de acordo com os dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, o volume de março é 116,4% superior ao alcançado em fevereiro (58.014 motocicletas) e 22,1% maior na comparação com o mesmo mês do ano passado (102.865 unidades).

De acordo com o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, a perspectiva é boa e a associação espera que, aos poucos, a relação entre oferta e demanda volte a ser equilibrada. “Depois de dois meses as fábricas retomaram suas operações normalmente, seguindo os protocolos sanitários. Com isso, voltamos ao patamar de produção que deve se manter nos próximos meses e esperamos atender à demanda do mercado, reduzindo a fila de espera por motocicletas”, afirma.

Vendas no varejo
As vendas no varejo tiveram um aumento de 8,5% na comparação com fevereiro, foram licenciadas 62.262 motocicletas em março.

A categoria que apresentou maior participação no mercado foi a Street com 29.504 unidades e 47,4% de participação no mercado, seguida pela categoria Trail (12.273 unidades e 19,7% de participação) e a Motoneta (7.948 unidades e 12,8%).

Para saber quais foram as 20 motocicletas mais vendidas no 1º trimestre de 2021, clique aqui.

Exportações
Em março, as motocicletas exportadas tiveram um volume 116,5% maior que o registrado em fevereiro.

De acordo com a Abraciclo, a maior parte das motocicletas exportadas são de alto valor agregado como, por exemplo, modelos off-road. “Isso mostra o quanto a motocicleta produzida no Brasil é tecnológica e está alinhada com as principais demandas globais do setor de Duas Rodas”, comenta o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian.

Segundo dados do portal de estatísticas de comércio exterior Comex Stat, que registra os embarques totais de cada mês, analisados pela Abraciclo, os Estados Unidos representaram o principal mercado, com 26,5% do volume total exportado, seguido pela Colômbia com 24,2% do volume total exportado e na terceira colocação está o Canadá.

(Fonte: Por Thiago Dantas Equipe MOTO.com.br) - 20/04/2021
Listando: 10 de 1286

Anuncie

Sobre o Portal da General Osório

O Portal da General Osório foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua General Osório (boca das motos) no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área de Motociclismo.